Quais condições estamos dando para nossa mente criar?

Quais condições estamos dando para nossa mente criar?

bussolaPoderíamos supor que temos uma espécie de bússola existencial que nos orienta para criar? Se sim, como saberíamos? Se houvesse um padrão de assuntos que nos circulam, todos os dias, alinhado com a nossa história de vida, será que estaríamos preparados para perceber?  Há um princípio inteligente em nós atraindo o que precisamos para atuar desde que nascemos, mas estamos prestando a devida atenção? Ou estamos cansados, distraídos ou desmotivados?

O modo como o dia a dia pode se tornar rotineiro ou previsível, gera o tédio, uma barreira para a criatividade. E, considerando uma educação que promove um desenvolvimento excessivamente cartesiano da racionalidade, muitas vezes castradora do insight e da intuição. Até que ponto aceitamos que podemos realizar muito mais? Afinal, quais condições estamos dando para a nossa mente criar?

O que dá brilho no olho? Por que um fim de semana é muitas vezes esperado como se fosse um esconderijo? O que realmente está faltando? Um foco motivador? Definir claramente o que interessa? Ou será que já estamos com inúmeros compromissos, obrigações e criar acaba sendo somente mais uma obrigação que se deve  encaixar em nossas agendas abarrotadas?

Romper com aquilo que não serve ou não nos atende, e que não vai nos levar para nenhum lugar, é uma sábia decisão. Gastar vida em vão, atormenta a alma. Algumas pessoas brilhantes se apagam devido a um emaranhado de responsabilidades que engessam a mente. Criar, no mínimo uma vida melhor para si, é o que devemos fazer, muito melhor se criarmos algo útil para a sociedade com o devido brilho nos olhos. Temos um tempo definido para realizar nossa obra, nosso legado. Se cuidarmos bem daquilo que é a coisa mais importante que temos, a mente, estaremos fazendo a coisa certa.

Muitas vezes paramos no meio do caminho pensando: como chegamos aqui? Bem, a vida proporciona algumas paradas estratégicas. Se aproveitarmos para refletir, redirecionar nossa energia, corrigir nossa rota, então está tudo certo. Nascemos para criar, e ao assumirmos isto como finalidade existencial, estaremos preparando a mente. Dá muito trabalho reeducar o ego, mas vale o esforço. A realização pode ser muito prazerosa, este é o desafio para fazermos a diferença.


Compartilhar:
Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmailFacebooktwittergoogle_pluslinkedinmail
Elisete Pagano

elisete@star2up.com.br

<p>Professional & self coach, palestrante e consultora em Liderança, Comportamento e Criatividade</p>

No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website